A relação teoria-prática e o tratamento do instrumental técnico-operativo no PEP do Serviço Social

Coordenação: Virginia Alves Carrara (vcarrara@decsa.ufop.br)

Assessoria:

Setor: Departamento de Serviço Social

Resumo: Resumo: No atual contexto de crise capitalista, com metamorfoses no mundo do trabalho, que se desdobra no mercado de trabalho, nas condições e relações de trabalho dos assistentes sociais e no âmbito da formação profissional, com hegemonia da lógica da razão instrumental, recai sobre a dimensão técnico-operativa o papel de dar o sentido e direção às respostas profissionais. Busca-se, com os sujeitos envolvidos neste projeto, reflexionar e produzir criticamente, conhecimento e propostas de trabalho, ações e intervenções a partir das requisições institucionais postas na contemporaneidade aos profissionais de Serviço Social, articuladas com as atribuições e competências sócio profissionais e ético-políticas do atual Projeto Ético-Político da Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social - ABEPSS, e o Conselho Federal de Serviço Social - CFESS. Uma das demandas mais recorrentes postas ao profissional têm sido estudos sociais, com avaliações socioeconômicas, mas não somente, vinculadas especialmente as políticas de ação afirmativa impondo-se como um desafio às respostas construídas pelos profissionais individualmente e, a necessidade de estrategicamente construir respostas coletivas. Este projeto visa a partir da indissociabilidade entre as dimensões do trabalho, da formação e da organização política atuar no campo da formação e do trabalho junto com os profissionais assistentes sociais da região de abrangência da UFOP, para o aprimoramento de intervenções e das políticas públicas que buscam garantir o acesso aos direitos sociais da população, especialmente as que são alvo de ações afirmativas voltadas ao acesso ao ensino superior. Palavras-chave: Serviço Social; Instrumentalidade; Ação Afirmativa; Extensão; Ensino